Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Aqui... em plena Natureza

Aqui… em plena Natureza
                                       
Aqui desfruto da imagem grandiosa,
Do teu castelo erguido á beira Côa,
No qual recordo a época gloriosa,
Que séculos passados ainda ecoa.

Aqui admiro o estilo pentagonal,
Do castelo mais belo entre os demais,
E confunde-me pelo trabalho colossal,
Que foi obra dos nossos ancestrais.

Aqui tudo é natural nada é fingido,
Desde os vales com os prados verdejantes,
Até á paz, apenas quebrada pelo ruído
Das aves, em seus chilreios deliciantes.

Aqui bebo a água fresca da nascente,
Quando pelos montes, aventureiro,
E aqui me refugio do calor ardente,
Á sombra amiga de um castanheiro.

Aqui sofro as agruras do Inverno,
Se o vento sopra do lado de Espanha,
Mas também me deleito no rio terno
Que vejo deslizar desde a montanha.

Aqui vejo a Malcata com seus encantos,
A floresta e o mel que lhe dão riqueza,
E sinto o chamamento de alguns recantos,
Como um convite vindo da natureza.

Aqui posso ver o verde da paisagem,
Nas colinas e montes que te circundam
Como ver os idosos já sem coragem,
Em velhas aldeias que já não fecundam.
Alberto Carvalheiras
Enviado por Alberto Carvalheiras em 15/10/2006
Reeditado em 05/11/2006
Código do texto: T265206
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Alberto Carvalheiras
Portugal, 73 anos
323 textos (10328 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 00:27)
Alberto Carvalheiras