Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Desatino

O desatino do destino é a dor preparatória da morte
Que deixa o ser desalentado a sorte a vida oferecer,
Calado, talvez moribundo na escuridão
Frente ao futuro que um dia poderá acontecer.

Antes da sentença do juizo final que ainda não foi dada
Persiste a cilada da vida, alegre ou quem sabe aborrecida...
Nada se perderá saber antes de qualquer ato concretizar
A emoção e o prazer do amor pela vida serão propagados.

O pensamento é como tarrafa emergindo do fundo do mar
Cujo pescador horrorizado tenta usar repelente
Sem ter, para dos insetos se defender. E a mágoa
Que rumina no peito está sujeito a desaparecer.

A calmaria, que um dia fora desfeita, vem à tona
A vida se soma para o espaço sideral percorrer
Com flores perfumadas, no mundo do nada
Exalando jasmim, no céu sem ânsia trazendo
Esperança que não foi feita para eu dizer.
R J Cardoso
Enviado por R J Cardoso em 18/10/2006
Reeditado em 28/10/2006
Código do texto: T267245
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
R J Cardoso
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
3128 textos (79565 leituras)
2 e-livros (393 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 14:03)
R J Cardoso