Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Cacos

Queria quebrar-me em pedacinhos
E jogar os meus cacos no lixo
E caso restasse algo de mim
Deixaria-o ser levado pra sempre por um rio

Quebraria-me num escuro
Que é onde me encontro
Pra que em nenhum instante
Eu visse nos cacos o reflexo do meu próprio pranto

Que os cacos marquem os teus dedos
Quando resolveres em minha vida
Novamente enfiar o dedo
E escorra todo o teu sangue
Até juntar-se com o meu leito

Dividida a minha dor
E carregada por águas alheias
Que teu sangue leve-me às profundezas
E nela encontre a mansidão quase perfeita
Longe de tudo que me tornou cacos
Perto do teu sangue que é a causa deles
Gabriela Ferper
Enviado por Gabriela Ferper em 22/10/2006
Código do texto: T270385
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Gabriela Ferper
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 30 anos
7 textos (361 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 23:15)
Gabriela Ferper