Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Das duas, uma.

 Ou voce morre, ou enlouquece;
 Entao voce duvida, ou agradece;
 Ja que nao quer compartilhar, entao se esquece,
 Que amizade é fundamental,
 E o bem  maior exerce.

 Talvez critique ou elogie alguem,
 É melhor falar sem pensar em quem,
 Fazer ou nao, sem dizer a ninguem;
 Escutar aquela conversa,
 Que nao lhe fará bem.

 Alguem dorme e acorda há séculos;
 Outros morrem quentes e outros vivem gélidos,
 Muitos reinam pobre, os demais querem império,
 Ninguem sabe de nada um pouco;
 Se imaginam, aí que ficam coléricos.

 Duas pessoas se odeiam ou se amam;
 Duas moças se gostam ou se inflamam;
 Dois rapazes sao machos ou tramam,
 Se brigar é um melhor motivo;
 Sem escrupulos a melhor saída é a cama.

 Ou eu comeco e nao termino o poema,
 Ou sofro e continuo neste dilema,
 De querer levar a vida fora de cena,
 Tapar as minhas coisas, que já muitas;
 Apenas no tilintar de uma pena;
Poet
Enviado por Poet em 22/10/2006
Código do texto: T270498
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Poet
Campinas - São Paulo - Brasil
40 textos (3951 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 21:19)
Poet