Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Dono da Bola

Cadê o meu cerol e a minha cola de sabão
Cadê meu rococó e a rabiola do pião
Você sumiu com tudo e agora até meu tamborim
Você quer esconder de mim.

Que eu não vou pra escola, que eu não quero aprender
Você sumiu com a bola só pra não acontecer
O time-contra que hoje eu iria organizar
Você quer me neurotizar

Cadê o meu chiclete, o canivete e o gibi
Cadê o meu chaveiro, o mais maneiro que já vi
Já sei que já perdi a minha vara de pescar
Você vai me robotizar

Espero que a gailola aonde está meu azulão
Assim como a sacola do meu time de botão
Você não tenha dado o sumiço habitual
Meu Deus, isso não é normal

Mas eu já vou embora, vou pra escola estudar
Vê se descansa agora e aproveita pra pensar
Se não está na hora de você modificar
O seu modo de me educar,

O seu modo de me educar.


Rio, 12/03/1994
Aluizio Rezende
Enviado por Aluizio Rezende em 22/10/2006
Código do texto: T271104

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Aluizio Rezende
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
6596 textos (144485 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 10:07)