Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Elizabeth Von Ron

Elizabeth Von Ron

Que culpa tenho?
Não se manda calar afinidade
Não se pode deter
O que minhas pernas querem suportar:
As dores impróprias  do amor

Talvez a minha moral
O aspecto do meu ser familiar
Que condena meus desejos mais íntimos
Que suprimem meus sentimentos mais puros

Este é o meu prazer,
O de caminhar ao seu lado
Não numa tarde
Mas por uma longa vida

Vida esta que se desfez
Por infortúnios dilacerantes, inesperados.
Mas... Que culpa tenho?
Diga-me pai, diga-me irmã,
Vocês que não me podem dizer mais nada
Que culpa tenho?

Se a traí em pensamentos, irmã.
Estes plumas das quais queria me esconder.
As plumas tão lindas deveriam ser leves
Mas o impacto em minha mente, durrubou minhas pernas

E agora querida irmã...
Jaz tu em tulmulo
E sem querer, pai, pensei que eu seria mais feliz
Então me diga o que não podem mais me dizer
Que culpa tenho?

Não sou vítima do infortúnio
Eu sou o infortúnio,
Eu me sinto desesperada
Lutando contra o que vai alem da minha natureza.
A chance de ser feliz, querida irmã
Com alguém que perdestes.

Sem me dar conta disto
Procuro ajuda
Mas que ajuda! já não sou feliz
Não preciso dela por apreciação de minha estima





Tu pai, traduzia esta minha insolência
Em condições de nosso amor


Mas procurei ajuda
Por que as dores traspassam uma barreira
Que era intransponível
Minha mente já é corpo
 E em meu corpo nada se sente se não culpa.

Mas que culpa tenho?!
Se a moral não derrubou os meus anseios
mas derrubou minhas pernas
que culpa tenho?
Se o amor é necessária para que eu sobreviva
que culpa tenho? se sem saída,
uma ajuda me mostrou o caminha da consciência

Consciência esta que repasso em frases de minha história
Ainda que longe de meus anseios,
Agora, minhas pernas parecem suportar apenas o meu corpo
Mesmo assim, ainda pergunto: Que culpa tenho?
Audrey Rodrigues
Enviado por Audrey Rodrigues em 23/10/2006
Código do texto: T271151
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Audrey Rodrigues
Lages - Santa Catarina - Brasil, 35 anos
18 textos (984 leituras)
1 e-livros (9 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 10:52)