Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Nem adianta pedir

Tua poesia tinha o teu jeito
e, muitas vezes, deitada em meu leito,
delirava com tuas rimas
trazendo-as para os meus sonhos,
enchendo-me de cismas
de que eras o par perfeito....
 
Em cada linha
vislumbrava o real sentimento
e,  meu anoitecer era risonho
sem qualquer defeito
porque, ali, naquele momento
não mais sentia-me sozinha;
 
Agora, sem mais poesia,
nem vai adiantar pedir
pois, enquanto o teu amor definha
e se torna tão tristonho
a alma, que eu te dava inteirinha
é, agora, vazia...
Lara
Enviado por Lara em 24/10/2006
Código do texto: T271952
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Lara
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil, 61 anos
113 textos (9671 leituras)
3 e-livros (253 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 05:15)
Lara