Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Falsa Paz

Deixaram a paz em paz...
e quem a ostenta nem finge que ela não existe mais...
destroem terroristas com táticas nazistas
surpreendem, atacam,
pouco se importam com quantos matam...
porque inimigos são sempre iguais,
são apenas números de vítimas fatais,
sejam elas crianças, soldados ou idosos,
sendo contrários, são extremistas perigosos
e como nasceram do lado errado da fronteira,
a morte é a sentença correta de uma justiça pseudo verdadeira.

Será culpa nossa e de mais ninguém?
Já que apenas olhamos atordoados dizendo amém?
Talvez a culpa seja minha e também sua,
rotineiramente declarando guerra no meio da rua
à custa de um esbarrão ou um toque repentino, sem querer,
pois os instintos repudiam o rubor, a humilhação e o perder,
assim como a tolerância e o perdão...
Ostentamos bravamente o orgulho feito um brasão
e usamos como símbolo essa bandeira:
Sim!Queremos paz!...desde que não esbarrem em nossa trincheira.
Rocaro Santos
Enviado por Rocaro Santos em 24/10/2006
Reeditado em 09/10/2007
Código do texto: T272576
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link da obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rocaro Santos
Santos - São Paulo - Brasil, 39 anos
78 textos (6940 leituras)
1 áudios (26 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 22:59)
Rocaro Santos