Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Caseira solidão

Como posso cantar um canto de esperança
Se meu mundo foi destruído completamente
Se apenas nos meus sonhos vejo a mudança?

Como posso viver, como dizem, docemente
Se sinto em cada veia do coração o amargor
De ter sido vilipendiado covardemente?

Por ingentes que se diziam cheios de amor
Mas que me abriram mil vezes o coração
Fazendo hoje eu sentir toda espécie de dor?

Como posso não namorar a caseira solidão
Se somente ela parece a mim compreender
A pôr em mi mente coisas que não pude ter?
Sebastião Alves da Silva
Enviado por Sebastião Alves da Silva em 24/10/2006
Reeditado em 24/10/2006
Código do texto: T272762
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Sebastião Alves da Silva
Imperatriz - Maranhão - Brasil
687 textos (27272 leituras)
2 áudios (87 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 00:51)
Sebastião Alves da Silva