Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

"Feijão de Mamãe"

Hoje a tarde depois de nos amar,
Acabamos por brigar,
Fui para casa de mamãe e resolvi por lá ficar.

Se não fosse por brigar com meu amor,
Não sentiria novamente aquele sabor,
Água, óleo, alho, cebola, sal, feijão e calor.

Há tempos as recordações me invade,
Enchendo meu coração de ansiedade,
Nem vejo a hora de matar minha saudade.

A panela fervilhante está cheia,
Não cresça os olhos na comida alheia,
A saliva me vem a boca, pode ser até coisa feia.

Mas para me saciar,
Não adianta com garfo minha fome tentar enganar,
Feijão de mamãe só de colher nem pense em recriminar.

Feijão de mamãe é bom lembrar,
Hum! Quando se sente o paladar,
Melhor ainda se arroz e bife com batatas acompanhar.

Mesmo depois de com sua amada brigar.

Bear
Enviado por Bear em 25/10/2006
Reeditado em 05/05/2013
Código do texto: T273669
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Bear
São Paulo - São Paulo - Brasil
53 textos (2478 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 14:25)
Bear