Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Verdadeira Desilusão



Verdadeira Desilusão
================ErdoBastos


Os males humanos
Sendo todos revelados
Causam dor e desenganos
Tentando ver sonhos frustrados

Atacam quem vêem feliz
Pelo simples prazer de atacar
Essa gente, nem sabe o que diz
Não sabem fazer-se amar

Por um momento infeliz
Deixei-me envolver nesta trama
Agora, a razão me diz:
Presta atenção em quem te ama!

E alertado, me dou conta
Do imbecil que quase fui
Dei voz a esta gente tonta
E meu sonho quase que rui

Pois bradem sozinhas, danadas!
É o que por fim, eu lhes digo
São um bando de mal amadas!
Gordas, feias como um umbigo!

Não vou mais dar importância
Esta  é a posição correta
Devolvo-as a sua insignificância
Não são dignas deste poeta.








ErdoBastos
Enviado por ErdoBastos em 29/10/2006
Código do texto: T276498

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ErdoBastos
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 61 anos
789 textos (36902 leituras)
2 áudios (124 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 16:14)
ErdoBastos