Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Gosto de fel na boca,
Os sentidos exarcebados
e os gritos que ecoam 
de um povo esquisito...
Moral,ética,que valores são esses,
que tanto estudo na filosofia
que nunca mata minha fome
não paga minhas contas
mas que me faz feliz em preservá-los
herança de pai advogado honesto,
que amante da justiça,me falava 
em eqüidade,em decência....
Onde está o brio?
O que faço com a luta da honestidade?
Onde será que está Aristóteles agora?
Quantas indagações em minha mente,
que desespero sinto ao acordar nessa segunda,
e pensar que tudo continuará igual...
cuecas cheias de dinheiro,
filhos fenômenos enriquecendo fácil,
mentiras,mentiras,mentiras...
Que gosto de  fel na boca 
E uma tristeza enorme no peito !


Syl Signoretti
Enviado por Syl Signoretti em 30/10/2006
Reeditado em 30/10/2006
Código do texto: T277549

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Syl Signoretti
Itajubá - Minas Gerais - Brasil
933 textos (89324 leituras)
76 áudios (9216 audições)
1 e-livros (309 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 06:19)
Syl Signoretti