Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Paz e Amor

Onde cala o grito,
grita o silêncio;
os tolos gritam
seus gritos tolos,
os sábios silenciam...
há paz no silêncio!
e quando a paz
puder gritar
o grito silencioso do amor;
haverá mais riso e menos dor,
mais pão e menos armas,
mais perfume e mais flor.
Quando a paz florescer;
contaremos menos cadáveres,
menos presídios,
menos fome;
computaremos mais escolas,
mais templos,
mais seres humanos.

_______________________
Quem vive com medo de sofrer, sofre com medo de viver.

Sonho não é fantasia, é realidade que ainda não acordou.

A vida é uma gota de tempo perdida no mar da eternidade.

A vida é uma rosa; nas suas pétalas está o amor, no perfume a felicidade, os espinhos ficam por conta de nossa má vontade.

O amor é tenaz chama, a paixão fagulha fugaz.

Quem perde tempo vivendo a vida alheia, não tem tempo para viver a sua.

O verdadeiro sábio, sabe que pouco sabe, quando vislumbra o tanto que falta saber.

Ignorante não é quem ignora coisas, mas quem ignora sua própria ignorância.

Quem perde a capacidade de argumentar: agride!

O medo é o aborto da coragem e da fé.

Antonio Pereira (Apon)
http://www.aponarte.com.br
Antonio Pereira APON
Enviado por Antonio Pereira APON em 31/10/2006
Reeditado em 14/07/2010
Código do texto: T278411

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (http://www.aponarte.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Antonio Pereira APON
Salvador - Bahia - Brasil, 52 anos
158 textos (33979 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 13:03)
Antonio Pereira APON