Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

QUE AMIZADES SÃO ESSAS?

Que porcaria de vida é essa
Que quem te jura amizade eterna
No dia seguinte te despreza

Onde fica o beneficio da dúvida
Se você não tem nem a chance de se explicar
E se vê de repente abandonada e excluída
Como se tivesse um vírus mortal que aos outros pudesse passar

Não quero posar de vitima da situação
Mesmo porque não sou um poço de pureza
Mas queria ouvir e dar a minha explicação
Só que já fui julgada e condenada sem direito a qualquer defesa

Devo concluir então que nada foi verdadeiro
Que as palavras de carinho e consolo não saíram de um coração
Que eu só prestava enquanto agia como um cordeiro
Que não devo e não posso ter opinião

Não nego que a magoa me consumiu
Mas o tempo fez com que ela se amenizasse
Hoje parando para refletir vejo que nada sumiu
O fato é que nunca existiu...

Que deus permita que eu não me torne uma incrédula
Que ainda possa crer que existe gente de verdade
Que ainda crê na amizade absoluta
Naquela que não te cobre nada mais do que se possa dar
E que sempre estará acima de qualquer vaidade
Porque amizade também é amar e principalmente, perdoar...
 
LoucaporPoesia
Enviado por LoucaporPoesia em 02/11/2006
Código do texto: T280137

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (LoucaporPoesia). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
LoucaporPoesia
Casimiro de Abreu - Rio de Janeiro - Brasil, 53 anos
524 textos (104801 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 12:56)
LoucaporPoesia