Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Nua
Tere Penhabe

Por mais que eu a recrimine
ela insiste em se desnudar
nas vielas escuras ou becos mal feitos
nas largas avenidas apinhadas de gente
em qualquer lugar, decente ou indecente...

Sob olhares de censura, de mágoa
ou sob efusivos aplausos, não importa
ela finge-se de morta
mostra-se escandalosamente nua
não é minha culpa, nem sua...

Deus sabe o quanto a reprimo
quanto me empenho em lhe mostrar
o valor do recato, dissabores poupar
mas apenas um minuto de descuido
é mais que suficiente, cai o pano...

E ficamos nós duas, expostas na rua
eu e a minha alma nua
completamente nua...

Santos, 02.11.2006
www.amoremversoeprosa.com

Tere Penhabe
Enviado por Tere Penhabe em 03/11/2006
Código do texto: T280683

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Tere Penhabe
Santos - São Paulo - Brasil, 61 anos
252 textos (25822 leituras)
5 áudios (601 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 16:41)
Tere Penhabe