Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sou

Imanência
um pouco parva
de tanto
se alarga
quando quer sentir
ou meramente respirar
sem ninguém
notar

Sou

Um amor
que nunca se viveu
mas muito
demasiado
sofreu

Sou

Um cantor
de rima fácil
porque sempre gostei
dos caminhos
mais ágeis
mas nem por isso
menos frágeis

Sou

Uma estrela
que brilha
só para mim
porque quando se aproximam para me observar
queimam-se
porque há astros estranhos
há astros assim...

Sou

Um mapa confuso
entre o destino
que quero ser
e o outro
a que nada me leva
mas é nesse
que por vezes
me apetece permanecer

Sou

O sorriso de uma criança
à Beira mar
ela bem quer ir para o desconhecido
mas tem medo
de nunca
mais voltar

Sou

Um beijo suave
em plena madrugada
beijo perdido no tempo
que com ele sou tudo
mas sem ele
sou nada

Sou

Uma lágrima
deitada
pela saudade
pela ausência
que nunca viu o chão
pois os meus anjos da guarda
a levaram
pelos caminhos
da imensidão

Sou

O epilogo
de uma bela história
de encantar
onde os poemas levam-me ao céu
mas a prosa
faz-me
da terra
nunca levantar
porque as palavras
essas Rainhas
essas borboletas
são a razão
de mil e um poemas
mas é na dura e fria prosa
que eu me sinto a respirar
as histórias são complicadas
os sentimentos confusos
mas são as histórias
que eu mais gosto
de contar...

Sou
Miguel Patrício Gomes
Enviado por Miguel Patrício Gomes em 03/11/2006
Reeditado em 03/11/2006
Código do texto: T281010

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Miguel Patrício Gomes
Portugal
5078 textos (170359 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 18:24)
Miguel Patrício Gomes