Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PEDIDO AO GRANDE MESTRE DA SABEDORIA



Aqui, nesta casa onde hoje moro,
Vivi outrora momentos de intenso prazer.
Poucas vezes ela esteve comigo, deploro,
Naqueles instantes de repouso e de lazer.

Hoje nada mais lhe peço, nem a imploro
Para estar aqui, junto a tantas coisas por fazer,
Mas o que dói, e, às vezes até quase choro,
É eu ter concluído ela não mais me querer.

Entre as quatro paredes sozinho me deito,
E antes que os pássaros acordem, levanto,
Abro as janelas e de vida encho o peito.

À noite, quando volto do trabalho, cansado,
Peço inspiração e força ao meu bom Lanto
Para fazer um verso, simples e mal rimado.

Porto Velho, 02 de novembro de 2006.

Amando a Essência Divina Individualizada Em Cada Um  Vocês, Aqui, Agora, Desde Sempre, Enquanto na Roda da Vida, e Além, Como Expansão Constante do Todo, na Vontade Maior, Eternamente, Pela Luz,

Trabalhando Por Rondônia, Pelo Brasil,
Aqui, Agora,

In Sugestão:
E que cada um de nós Seja Capaz de Doar o que não lhe for útil para o irmão próximo, pois isto será uma benção renovadora, em prol de todos os necessitados.
Saibamos que, assim, estaremos semeando no Cosmos, sempre fértil, para o nosso próprio porvindouro, em Abundância Plena, necessitados que somos, não só do Pão Físico, mas do Eterno: justo e perfeito.

Haja LUZ. Haja Ética.

Prof. Vitor Hugo Bitencourt da Silva

Sócio Fundador da Associação Rondoniense de Poesia – ACARP
Sócio efetivo e Comendador da Ordem da Confraria dos Poetas Brasil – OCPOETAS BRASIL
Mestre em Direito
Web Site: E-mails: vhbbrasil@yahoo.com.br
Prof Vitor
Enviado por Prof Vitor em 03/11/2006
Reeditado em 10/01/2007
Código do texto: T281054
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Prof Vitor
Porto Velho - Rondônia - Brasil
142 textos (19423 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 05:15)