Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

"LIBERDADE ARTERIAL"

Quis derramar meu próprio sangue
E vê-lo empoçar-se no chão,
Admirar seu intenso rubror
Após alforriá-lo de minha subjugação,
Abolir seu insalubre trabalho
De uma monótona circulação,
Não mais embriaga-lo na minha mente
Nem mais desvirtua-lo no meu coração,
Liberta-lo de seu cárcere arterial
E ver meus pulsos conduzi-lo a liberdade
E sentir calafrios e tontura
Por se esvair minha pulsação.



28/10/06
Denis Almeida
Enviado por Denis Almeida em 03/11/2006
Reeditado em 20/05/2009
Código do texto: T281552

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Denis Almeida
Itaboraí - Rio de Janeiro - Brasil, 29 anos
52 textos (1875 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 14:39)
Denis Almeida