Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Reminiscências

Saudosos tempos aqueles,
em que a poesia fazia parte de minha alma.
Intocáveis tempos aqueles,
em que a liberdade era borboleta d'ouro.
 
Tempos de cega que era.
Que amava de olhos fechados;
sem consultar a razão.
Meninice de moça amando;
agora puberdade e um só coração.
 
Com ele já sorri,já chorei.
Sofrimento,lágrimas impacientes.
Cantiga de roda,a juventude nos lábios;
oh!Como somos inconstantes!
 
Se ontem amei
é porque hoje estou só.
Se hoje estou só
é porque algo dentro de mim,
sutilmente,agrada os lírios daquele jardim
Colibri
Enviado por Colibri em 04/11/2006
Código do texto: T281682
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Colibri
Sete Lagoas - Minas Gerais - Brasil, 26 anos
21 textos (1050 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 21:29)