Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O que eu sei

O que eu sei
É que um dia tudo termina
Isso é certo
E nada é mais certo do que isso,
Por isso estou tranqüilo,
Por isso tenho alguma felicidade.

Eu já andei
Espalhei-me por alhures
E da minha busca insabida
Da minha busca perdida
Essa é a única coisa valiosa que trago,
Que achei...
Porque nada é ao ser humano tão indiferente
Quanto os caminhos por aonde ele vai...

Quem pode me contradizer?
Por acaso há nesse vácuo algum espírito eloqüente?
Nada há...
E até mesmo o que vejo é uma criação da minha mente,
O que sinto e o que desejo
São coisas intermitentes
O que tive nunca apalpei
E o que terei será o esquecimento de toda gente.

Mas o que sei
É que tudo vai ter fim
Até mesmo aquele que pensa
Que pensa agora em mim
Que é pensado por outro
E é desse outro que falo
Que não sabe do que existe em mim.

Isso poderia até ser um motivo de tristeza,
Mas não, é minha preciosa certeza...
Sebastião Alves da Silva
Enviado por Sebastião Alves da Silva em 04/11/2006
Código do texto: T282361
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Sebastião Alves da Silva
Imperatriz - Maranhão - Brasil
687 textos (27272 leituras)
2 áudios (87 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 15:39)
Sebastião Alves da Silva