Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Anjo da morte

Eterna amada que com minha vida acabou
Que vocês vivam felizes em desgraça
Para terem conhecimento de minha dor
Concedo-lhes minha morte
Mostro-lhes meu corpo sobre a vida
Que de pedaços em pedaços
Vocês vejam meus sofrimentos
Que senti ao vê-los aos abraços
Mas de que vale a minha morte
Se de vocês não posso me vingar
Quero vê-los sentindo o ódio e a tristeza
Que conheçam o anjo da morte
Ao levar a minha alma sem beleza
Anjo que não tem nada conosco
Mas que nos leva com satisfação
Ao ver que a traição nos matou
Mas sem saber que de um mundo cruel
Este temido anjo nos salvou.
Diego Costa
Enviado por Diego Costa em 05/11/2006
Código do texto: T282695
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Diego Costa
Guarulhos - São Paulo - Brasil, 30 anos
110 textos (21321 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 07:59)
Diego Costa