Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto


Teu amor, minha aversão.


Rendo-me a esperança
Que nunca tarda
Em asas de querubim
Ronda a minha casa...

Cansado da tua imagem
Beijos em mim, açoite!
Distante é dia de sol
Enlace, fria noite!

Repulsa voz que toca
Ecoa ranger de morte
Sobra mal-querer
Prefiro a própria sorte

O caminho termina aqui
Daqui pra lá invisível
Ponte de conflitos
Amor perecível

A esperança que ora tarda
Vem, abraça-me!
Espero sentado na estrada
Leva-me em tuas asas...

Jamaveira

Tintor:Roberto Castelli
Figuras


Jamaveira
Enviado por Jamaveira em 06/11/2006
Reeditado em 06/11/2006
Código do texto: T283752
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jamaveira
João Pessoa - Paraíba - Brasil, 62 anos
1943 textos (95975 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 12:15)
Jamaveira