Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Não gosto menos de ti por ser ausente


Não gosto menos de ti por ser ausente,
Na distância o  coração será  presente,
Nos teus dias de tristeza, o meu ombro,
Nos teus dias de vitória, o meu orgulho.

Tens o meu sangue a correr nas veias,
Na emoção do violão na mesma música,
é sua lágrima que rola nos meus olhos
quando os acordes de saudade choram.

Um mesmo nome, uma mesma história,
Se estamos juntos, tudo é riso e flores,
se cantamos na saudade a nossa glória,
suprimimos nossas mágoas com amores

Distante, a ilusão que por vagar se perde,
quando os meus sonhos vão virando cinzas,
É para você que o coração socorro pede,
É do meu sangue que me orgulho tanto.

E quando dizem que eu estou  ausente,
tenhas certeza de que estarei contigo....Pai
 

Beto Pupo
Enviado por Beto Pupo em 06/11/2006
Código do texto: T283846
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Beto Pupo
Campinas - São Paulo - Brasil, 60 anos
151 textos (14617 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 00:43)
Beto Pupo