Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Gaia

Em cada ave  e pássaro para gaiola
Há uma dor que não se consola
Nós...
Porque não sentimos

Em cada peixe-boi da Amazônia retirado
E morto dilacerado com estacas nas narinas
Desde a descoberta foi assim
Mas agora já se acabam

Em cada baleia do oceano levantada
Um arpão encurta a vida até que não sobre mais nada
Mas a ciência sintetiza alimento
De sabor igual

Em todo animal erradicado do planeta
Rinocerontes , tigres , botos e araras e outros tantos mais
E a maioria dos homens nem tempo tem
Pra se importar

Em cada árvore das muitas dia a dia derrubadas
Para conforto de um lar ou mesmo pasto implantar
Desequilibrando até o clima
Muito pouco restará

Em cada gota d’água que conflita com a sujeira
Seja rio , lagoa ou mar até o ar destes tiramos
Mas quando acabar
A elite beberá

Toda atmosfera carregada de poluentes , lixo nuclear ou orbital
Gigantes manchas de petróleo no escudo
Esgotado um planeta devastado ,
Mudança imediata
Pede ameaçada biosfera


Ritual
Enviado por Ritual em 08/11/2006
Código do texto: T285216
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ritual
São Paulo - São Paulo - Brasil
92 textos (2222 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 08:37)
Ritual