Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A MINHA NAMORADA VAMPIRA


Conheci-a numa noite
Ao luar
Bela como poucas
Logo ali dei comigo
Encantado a amar

Ela vive
Obviamente de noite
E de noite fica ainda mais linda
Mas nunca podemos ver
Juntos o nascer do sol
Pois eu ficaria bronzeado
E ela transformada em cinzas

Não mata ninguém
Pois trabalha num hospital
E bebe o sangue de reserva
Cujo prazo está quase a acabar
Para comer
Para não o desperdiçar

E é tão giro:
Eu moro
Num terceiro andar
E como sabem
Os vampiros
Podem voar
Por isso
Ela todas as noites
Vem até à minha janela
Onde passamos um doce tempo
A namorar

Mas…Não há bela sem senão
E quando estamos na discoteca a dançar
E lá calha
Se entusiasmar
Começa a voar
E eu tenho de disfarçar
Como se afinal
Ela tivesse apenas dado um pulinho
no ar

Beija-me sempre
Com muito carinho
Com muito cuidado
Para não me morder em demasia
Me tirar sangue
E ficar nos seus braços desmaiado
E ela é tão querida
Tão linda

A minha namorada vampira
Miguel Patrício Gomes
Enviado por Miguel Patrício Gomes em 08/11/2006
Código do texto: T285767

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Miguel Patrício Gomes
Portugal
5077 textos (170340 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 18:04)
Miguel Patrício Gomes