Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

já é

quem diz que a mulher é uma cobra
que ela enganou o capeta
bem sabe que é ela quem dobra
a colcha que cobre o planeta

que ela é sutil, submissa
só quando lhe interessa
mas ela é quem faz a preguiça
achar que às vezes tem pressa

que até se apodera da alma
daquele que a quer seduzir
mas ela só perde a calma
com o que não quer possuir

que ela é quem vence a batalha
porque o guerreiro comanda
mas ela é quem carrega a tralha
enquanto o guerreiro desanda

que às vezes se cansa do barco
e se esconde no transatlântico
mas se o terreno é um charco
no fundo estará o seu cântico

e diga-se o que se disser
eu não me admiraria
mas se não houvesse a mulher
o mundo não era, seria


Rio, 31/10/2006
Aluizio Rezende
Enviado por Aluizio Rezende em 09/11/2006
Código do texto: T286177

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Aluizio Rezende
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
6596 textos (144480 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 18:49)