Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Relicário

Apesar da minha tez
clara, de porcelana
Nem cogita me pôr em um relicário
Não me restringe a excursionar no vácuo

Não te quero por prêmio
"Miss Mediocridade"
Eu vejo além dessa esfera
Mesmo com essa ambição

Eu tô abrindo a janela
Deixa a luz entrar
Já lavei a alma mesmo
Chega de mofar aqui

Sem policiamento ostensivo
Tá na hora do ciúme
Rala...

Mesmo de porcelana, fugi do relicário
Debora King
Enviado por Debora King em 09/11/2006
Código do texto: T286442

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Debora King
Rio Grande - Rio Grande do Sul - Brasil
29 textos (1091 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 19:02)
Debora King