Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Asas

Vamos fazer as pazes com os inimigos,

afinal ninguém é infinito.

Hoje sonhei que eu morria,

amanhã pode ser a vez de quem

de mim tanto ria

ou a propria minha.


Queremos transformar nossos sonhos em realidade,

mas, todo dia, nossos corpos

imploram para dormirem

ao acenderem uma crua verdade.


O segredo do poeta não está na poesia,

pois se os leitores da academia,

encontrarem o segredo do caso,

ela não valerá um centavo.


Finjo ser uma farsa,

para nao descobrirem,

enquanto faço eles rirem,

a força de minhas asas.
Denis Morais Cavalcante
Enviado por Denis Morais Cavalcante em 09/11/2006
Reeditado em 09/11/2006
Código do texto: T286875
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Denis Morais Cavalcante
Fortaleza - Ceará - Brasil, 29 anos
20 textos (974 leituras)
1 áudios (58 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 10:58)
Denis Morais Cavalcante