Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AUTO-PRESERVAÇÃO

 
 

E a mão não alcança além deste gesto

E o medo te guarda de todos os perigos

E a tua generosidade retalha tua alma

E o laço que te prende é doce mas firme

E a verdade que te venderam te anula e maltrata

E a grandeza que te imputaram te rouba a espontaneidade

E o veneno da resignação, é verde e dilacerante

E os instantes de felicidde, são respingos no deserto

E as flores de hoje são folhas secas amanhã

E as vidas de hoje são as mortalhas

contidas em esplendor fugaz.

As luzes supõe as trevas,

os gritos, contém silêncios,

o tempo não anda, nem pára,
 
há só uma eternidade de desejos e divagações...

E a mão não alcança além desse gesto.

Então vai, engole em seco

e brinda as larvas que te consumirão!
tania orsi vargas
Enviado por tania orsi vargas em 10/11/2006
Reeditado em 11/03/2008
Código do texto: T287124
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
tania orsi vargas
Taquara - Rio Grande do Sul - Brasil
742 textos (50138 leituras)
4 áudios (506 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 09:03)
tania orsi vargas