Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ela chega aos pouquinhos, vem
De mansinho às vezes devastando
Meu coração.

Não me fala com áspereza, 
Sua voz é sempre uma beleza,
Nem ao menos menciona a 
Palavra,  paz.

E assim , continua com suas tramas,
Quando percebo já não há jeito, tenho
Que aceitar sua decisão.

Percebo, que ela mostra-se imperiosa, 
Me tirando o direito em quaisquer, ocasião.

Mas, não tem problema não, nada melhor quando
Nossas brigas passam, quando chega a bonança, 
Permitindo-nos, fazer amor... aqui mesmo no chão.

Alexandre Oliveira
Enviado por Alexandre Oliveira em 10/11/2006
Reeditado em 13/11/2006
Código do texto: T287758

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Alexandre Oliveira - www.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Alexandre Oliveira
Cabedelo - Paraíba - Brasil
2551 textos (227258 leituras)
2 e-livros (166 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 14:56)
Alexandre Oliveira