Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ENGANO DE AMOR

Hoje, tive a confirmação 

De como se pode enganar 

Tanto eu como ela temos razão 

É uma questão a verificar 

A verdade de cada um. 

Eu, com desdita paixão 

Ela sentimento nenhum 

Apenas simpatia, 

Dizia. 

Eu, na idolatria 

Tentando seduzir. 

Ela apenas a sorrir. 

A verdade vem à tona. 

Enquanto pensava em amor, 

Ela denotava compreensão como  favor, 

Amizade sincera. 

Eu, agora, com vergonha dela.

A sensação da terra sob os pés faltar
  
A cabeça qual redemoinho girar

E nessa situação 

Fico com a cara no chão. 

Me sinto rejeitado

Abandonado

Massacrado

Caído

Pisado

Dolorido

Escarnecido

Mas se ela os dedos estalar

Esqueço tudo e volto a me entregar !




























GDaun
Enviado por GDaun em 12/11/2006
Reeditado em 13/11/2006
Código do texto: T289061

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
GDaun
Lupércio - São Paulo - Brasil, 72 anos
653 textos (43007 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 18:30)
GDaun