Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sem...Zalas







Lacre violado por suja tasca de pão
Coronel a sorrir com champanhe a brindar
Assistindo a prole brincar com mucamas uso do patrão
Filhos de escravos são brinquedos do seu saciar!

Festeja “sinho” na arena, a sorrir quais romanos
Só o choro, e a esperança largadas nos esgotos, ao chão
Casamento morrera, agora, nada mais que desenganos
Sujos corpos, suores a rolar, e de esmola, não lhe sobra quinhão!

E chora ex-donzela sua única esperança perdida
Nada pode fazer, gritar, ou a quem reclamar
E, cabisbaixa, sem sonhos e honra, a sangrar a ferida

É nada mais que posta de carne a lamuriar
Depois de objeto, lhes falta guarida
Seu futuro mais certo... O LUPANAR!!!


Este trabalho está registrado na Biblioteca Nacional-RJ







carlos Carregoza
Enviado por carlos Carregoza em 13/11/2006
Código do texto: T290144
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
carlos Carregoza
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 53 anos
102 textos (5970 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 18:58)
carlos Carregoza