Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

APRENDENDO SORRIR

Miserável povo que vive por viver,
De sorrisos grandes por tão pouco,
Que agradece a Deus pelas migalhas,
De tanta fome, deve estar louco.

Miserável povo de grandes paixões,
De muitas lágrimas e muitas dores,
De emoções, de pequenas conquistas,
De muito espinho e de poucas flores.

Miserável povo que vive de vento,
Dividindo a água, repartindo o pão,
Tão solidário, não se ouve o lamento,
Repartindo migalhas, não tem ilusão.

E eu que um dia me julguei infeliz,
Reclamei dos tropeços, da minha sina,
Que tive sonhos com muita esperança,
Observo este povo e o olhar me ensina.

Este povo de rosto sofrido, sorri,
Sorri sem os dentes, se sente feliz,



Beto Pupo
Enviado por Beto Pupo em 13/11/2006
Código do texto: T290218
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Beto Pupo
Campinas - São Paulo - Brasil, 60 anos
151 textos (14617 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 00:49)
Beto Pupo