Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FUGA IV (Desespero)

Peregrinação incerta; rumo diverso...
O Ser está desnorteado...aflito.
As cinzas da esperança já não queimam mais...
“Por mais que eu queira, continuo meu conflito.”

Nova curva, outra visão...
“Como prever as armadilhas do coração?”
Ainda a ferida está aberta...
“Essa jornada sem destino é em vão?”

Os amigos da última festa se foram...
Os heróis ficaram com a infância...
A névoa da madrugada tenta acalentar
Mas isso, é passado...perdida inocência.

Resta esperar o novo alvorecer
E tentar, mais uma vez, a indefinição esquecer.
Denilson Neves Rampin
Enviado por Denilson Neves Rampin em 14/11/2006
Código do texto: T290767
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Denilson Neves Rampin
Várzea Paulista - São Paulo - Brasil, 50 anos
42 textos (684 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 17:01)