Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Coerência

O ser humano, é com  os outros, exigente
Esquecendo que  precisa, como  carente,
Da ajuda daquele que talvez, inconsciente,
Sua atitude  deixou muito diferente.

No imo do ser deseja ser  também resiliente
 E procura a todo  momento, um comovente
Desfecho em  que a magia do prepotente
orgulho caia por terra, muito silente.

Imagina, no pensamento, constante,
A nudeza da alma  liberta e, reza ofegante,
Pedindo ao próximo, criatura inocente,
Que o desate da teia da amargura, urgente.

Sabe que a harmonia foi subitamente
Quebrada,  quer recuperar, condolente,
O tempo que perdeu,  violentamente,
Vivendo na ilusão de que se fez valente.

O ser humano procura a consciência rapidamente.
Quer corrigir a falência dos adolescentes
Pois que contribuiu para todos os acidentes
E não quer deixar a vida impunemente.

Quer o resgate da paz,  pois ela, coincidente,
Devolve a harmonia das almas, agora videntes.
E almejam estar num plano mais aquiescente,
ameno, mais cordato, e em tudo coerente.


MVA
Enviado por MVA em 16/11/2006
Código do texto: T293382
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Citar o meu nome e meu site: www.marlenevieiraaragao.prosaeverso.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
MVA
São Paulo - São Paulo - Brasil
1922 textos (190966 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 10:25)

Site do Escritor