Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quimera da alma

Quimera da alma,
Inquietante e falsa.


Como seria bom amar de verdade,
Sem distinguir as sombras.

As sombras de um amor calado,
Isolado no peito e na alma,
Calma! Ama, cala!

Apaixona-se por ti mesmo,
Ignora a si mesmo!

Estranha reação da alma,
Difusão que acalma.

Quimeriano é o ser que abita na minha lágrima,
Lágrima viva e sóbria no coração.

Amar é estar vivo e imortal,
Mortal desejo de ser feliz que eu tanto quis.
Thiago Alves
Enviado por Thiago Alves em 17/11/2006
Código do texto: T294026

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor,cite o nome do autor e o link para a obra original,cite o nome do autor e o link para o site "www.sitedoautor.net"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Thiago Alves
Petrolina - Pernambuco - Brasil, 27 anos
29 textos (3788 leituras)
2 e-livros (136 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 04:24)
Thiago Alves