Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Loucura
Essa procura dentro da mente vazia
Essa escuta sem alma
Esse jeito de ser e ao mesmo tempo nada
Parecido com aquela gente comportada
Que ri tudo branco como uma folha virgem
Que conta historias repetidas e sem graça...,

Loucura
Essa coisa dentro da gente
Como um ser alienígena rasgando
Procurando uma saída
Gritando sem se preocupar com o ruído
Dos vasos azuis se partindo
Das correntes se abrindo
Da mucosa espessa e pastosa
No canto da boca esculpindo
Um espelho de porcelana...

Loucura
Sabe Deus de onde vem
Como um sopro de sol nos ouvidos
Aquecendo as casas assombradas
Acordando os fantasmas da vida
Abrindo o céu de navalhas
Sobre a cabeça do mundo...

Loucura
Nenhuma imagem te revela a face
Não é claro nem escuro nem colorido
Não tem cheiro e nem tem som
Esconde-se onde lhe der abrigo
Um homem bom...

ULISSES de ABREU
Enviado por ULISSES de ABREU em 17/11/2006
Reeditado em 17/11/2006
Código do texto: T294223

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite nome do autor e endereço para o site). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ULISSES de ABREU
Viçosa - Minas Gerais - Brasil
608 textos (207332 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 06:05)
ULISSES de ABREU