Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Porque duvidas de mim?

Porque duvidas de mim?
Quando o cenário vazio está,
Qual silencio aos pouco me invadem
E me faz um poeta enamorado.
Quando as cortinas oscilam
E com o vento parecem
O meu nome por ti a chamar.
Me levanto a percorrer
Como alguém a procurar
e no vácuo só posso guardar o eco de uma voz ressoar.
Qual neblina que o clima desfaz
Vejo a noite aos poucos findar,
Mais no peito a velha mensagem
“a saudade vai continuar".
Lúcio Barbosa
Enviado por Lúcio Barbosa em 18/11/2006
Código do texto: T294785
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Lúcio Barbosa
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil, 51 anos
59 textos (5595 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 00:44)
Lúcio Barbosa