Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TALVEZ

Guarda-me em teu silêncio,
Junto a esta minha poesia tão simples,
Quem sabe possa entender os meus sonhos,
E realizar os meus desejos, pois são os teus.
O tempo não perdoa, isto está tão certo,
Por isso peço que guardes o meu abraço,
E perdoe-me por partir antes de você.
Hoje, sou passageira de um vôo solitário,
Onde apenas espero tê-lo para sempre,
Pois, desejo levar os lindos momentos,
Em que fui por um instante, o seu amor,
Somente levo a dor pelo tempo negado,
Onde teria te amado muito mais do que hoje,
Mas em todo verso existirá uma poesia,
E em cada letra ficará a minha memória,
Talvez e para sempre...na tua história.

Sônia Ferraz - 10/10/06
Sonia Ferraz
Enviado por Sonia Ferraz em 18/11/2006
Reeditado em 01/08/2016
Código do texto: T295023
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Sonia Ferraz
São Paulo - São Paulo - Brasil, 61 anos
665 textos (37146 leituras)
33 áudios (5813 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 00:21)
Sonia Ferraz

Site do Escritor