Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O tempo...





Relógio sobre a cabeça
o pêndulo no peito
olhos que não conseguem paralizar...
O efeito cascata
escorre por entre os dedos
os momentos se fazem segredos...
Quem pode calcular?
Haja palpite
querer ser parte
mas, o tempo é o tempo
desgaste da arte
ou cru ainda não nascido
porém invade
quando se percebe
vira passado
o composto raciocínio
trava da sorte.
O que diria a ampulheta
se ate o sol faz o teu tempo
na perfeição que julga
e direciona o entendimento?
A farça cria em nós
contar, contar, contar...
Assim o tempo passa...
E para a morte
levamos a própria vida.
Condor Azul
Enviado por Condor Azul em 19/11/2006
Código do texto: T295435
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Condor Azul
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 54 anos
722 textos (26305 leituras)
1 áudios (175 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 02:16)
Condor Azul