Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A ambiguidade do ser

A paisagem que vi em minh'alma
Era comovente e reflexiva.
Um cenário dicotômico,
Intrigante.
O que posso descrever sobre o mar transcendente que presenciei?
Apenas que era um misto de Basilisco e uma Fênix.
Me assusta sua aurora que sai do cinza-concreto,
Tornando-se a mais bela cor já existente.
Meu ser morre nos morros e serras verdejantes,
Vive a obscura recusa da vida...
Olhar o meu ser é olhar o labirinto de vielas,
Podemos achar vida,
Podemos achar morte.
K Lorca
Enviado por K Lorca em 19/11/2006
Reeditado em 15/02/2007
Código do texto: T295773
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
K Lorca
São Paulo - São Paulo - Brasil, 33 anos
105 textos (9936 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 02:07)