Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Recordo-me do quanto fui flor
E tu um beija-flor
Embebedou-se de mim
E espalhou-me pelos jardins

Sinto-me um botão
Noutras rosa morta
Despetalada no chão

Na terra fértil da esperança
Em outros jardins quem sabe
Eis de florir e sorrisos colher
Pensando em mim.

Fui teu desejo...
Um desejo maldito, talves?
O sabor sugado proibido
Em lagrimas de amor
Arranquei-te suspiros!

E ainda resta espinhos...
Espinhos malditos!!
MoneCarmo
Enviado por MoneCarmo em 20/11/2006
Código do texto: T296367
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original (Direitos autorais à Simone Teixeira do Carmo) e as obras derivadas sejam compartilhadas pela mesma licença. Você não pode fazer uso comercial desta obra.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
MoneCarmo
Belém - Pará - Brasil, 37 anos
2117 textos (290497 leituras)
72 áudios (9063 audições)
4 e-livros (1006 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/01/17 20:04)
MoneCarmo

Site do Escritor