Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ZUMBI DOS PALMARES

Meu poema que vai...
Em todos os lugares,
Onde houver opressores
de Povos ou de Raças...
Seja o grito libertário
Evocado e aclamado de novo,
Soltando os grilhões
Soltando as amarras,
quebrando as correntes...
Livrando-se dos tiranos...
Que o grito de liberdade,
Seja o grito  para sempre,
De todos os Zumbis,
Em todos os Palmares.

Wilson Fonseca
20/11/2006.
WILSON FONSECA
Enviado por WILSON FONSECA em 20/11/2006
Reeditado em 20/11/2007
Código do texto: T296376
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
WILSON FONSECA
Rio Grande - Rio Grande do Sul - Brasil, 67 anos
193 textos (18090 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 16:46)
WILSON FONSECA