Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SABIÁ


Num longo espirro estridente
a vóz misteriosa entoa,
caminhou silencioso na mata
no céu tranquilo a natureza acorda.

E no monte se via erguido
o vulto do ser exculpido
o corpo negro seu ruído
de súbito voou lá do alto.

Narraste o domínio soberano
das matas e do firmamento
a cantarolar versos e prosa
no canto estridente entoado.

Era o pássaro cantante
das matas e do cerrado
que com sua beleza e canto
desponta o magnífico sabiá.

http://afonsoecris.ubbihp.com.br
http://massajovem.zip.net

Painho
Enviado por Painho em 20/11/2006
Código do texto: T296441
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Painho
Foz do Iguaçu - Paraná - Brasil
450 textos (141777 leituras)
17 e-livros (154 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/09/17 01:42)
Painho

Site do Escritor