Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quem paga é o pobre

SALÁRIO APERTADO,

FARINHA NA MESA,

E DE SOBREMESA

ELE SERVE CAFÉ.

FEIJÃO É CONTADO

COMPRADO FIADO

NA VENDA DO ZÉ.

MAS CASA DE POBRE

A TODOS ACOLHE

E TEM POR ORGULHO

UMA FRANCA NOBREZA

E POR GENTILEZA

É SEMPRE HONESTO.

MAS POBRE É QUEM PAGA!

PAGA "O PATO",

DOS ASSASSINATOS

É SEMPRE CULPADO.

PAGA POR SER NEGRO,

É SEMPRE INDIGENTE,

PAGA PRA SER POBRE,

POR SER CARENTE.

MAS SERIA SEM GRAÇA

PARA O RICO DA PRAÇA

SE POBRE NÃO EXISTISSE,

NÃO SE EXIBIRIA

MOSTRANDO-LHE UMA NOTA

QUE LHE NÃO DARIA

SE A ELE PEDISSE

MAS POR FETICHE,

O RICO MOSTRARIA

SEU DINHEIRO NOBRE

QUE A CUSTA DO POBRE

ELE CONSEGUIU.

MAS POBRE DO POBRE

SE DEUS NÃO LHE VALESSE

E SE ELE NÃO ACORDASSE

PRA SEU DEVIDO VALOR

PIOR LHE SERIA

SE ACONTECESSE UM DIA:

SE DEUS NÃO LHE VALESSE,

AI, DO POBRE SENHOR.

 
Deivesson de Sousa
Enviado por Deivesson de Sousa em 20/11/2006
Código do texto: T296704
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Deivesson de Sousa
Estância - Sergipe - Brasil, 28 anos
52 textos (2049 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 18:09)
Deivesson de Sousa