Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Razão

A razão vem visitar-me...
Toma a forma de uma mão que teima em roubar...
Meus sonhos, meus carinhos...
Rouba as flores, as rendas de arminho...
Tão implacável a razão; desfaz o meu coração tão sonhador...
Jogando em meu rosto risadas de zombaria...
Mostrando sem piedade, a face translúcida do tempo:
Olha para ti – grita essa maldita!
Não estás mais em botão...
És uma flor prestes a cair...
Cai em ti!
Ah, essa razão...
Obriga-me a arrumar gavetas...
Remendar panos rotos...
Mas meu coração queria àquele lencinho fino...
Lavando meus desgostos...
Grito ligeiro para ela:
Espera!
Já arrumo a bagunça da minha alma...
Não me venha com a sua frieza...
Logo, congelo de novo a minha face.
Verônica Aroucha
Enviado por Verônica Aroucha em 01/07/2005
Código do texto: T29676

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Verônica Aroucha
Recife - Pernambuco - Brasil
122 textos (7751 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 14:41)
Verônica Aroucha