Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Fale!

Fale o que é, vê e vive a sofrer
Aponte o dedo, a tudo indague
Inquira o sentido
E se embase

Não queira dourar o chumbo
E, feito Édipo, furar os olhos
Fale sem medo
Não se cale

Não queira fugir, jogar a toalha
Morrer e aí permanecer de pé
Fale pela justiça
Fale pelo que é

Preferível pesar o compromisso
À paz do “não quero nem saber”
Fale, fale, fale, grite!
Afronte o não viver
Wilson Correia
Enviado por Wilson Correia em 21/11/2006
Reeditado em 22/11/2006
Código do texto: T296877

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Wilson Correia
Amargosa - Bahia - Brasil
1192 textos (498719 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 22:28)
Wilson Correia