Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PELAS RUAS DE SÃO PAULO (1º Cântico)

Sou partícula de garoa fina
que escoa por veias e veios luminosos
Sou parte deste rumor sem trégua em meio aos estalidos
Pertenço a essa sistemática da pedra modificada
Meu coração é maior que o mundo
Por isso acolhe essa cidade num abraço enternecido
Sou transeunte e organismo intenso no trânsito indelével
Cheio o ar baço, carregado de óleo Diesel
E o bafio deletério das fumigenas nuvens
das fábricas insensíveis
Mas, meu orgulho é de aço, não se aquebranta
Sou paulista de treze listras na alma
Velando pela vida irrequieta desta flor em movimento
Embora eu seja cigarra cantando para as formigas.


Delmo Biuford
Enviado por Delmo Biuford em 23/11/2006
Código do texto: T299416
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Delmo Biuford
São Paulo - São Paulo - Brasil
115 textos (3196 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 13:02)
Delmo Biuford