Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Maldito

Um olhar a medo para o relógio
Em que as horas teimam em não parar...
Um suspiro, um engolir em seco,
Porque o maldito está a chegar.

Uma tentativa de ter tudo perfeito,
Para que não te possa criticar.
Um último olhar ao espelho,
E o tempo sempre a passar...

Finalmente ouves seus passos,
O teu coração bate apertado...
Pensar que um dia, por este maldito,
Te tenhas apaixonado!

A chave na porta, ele entra,
Dizes "boa noite", com voz embargada.
Ele só pergunta pelo jantar,
Olha-te como se estivesses amaldiçoada.

Não quer saber do teu olho negro,
E tu nem sonhas em te queixar.
Seria dar-lhe mais um motivo
Para de novo te espancar.

Com uma vida tão perfeita,
Quem imaginaria tal sorte?
Agora tudo o que pedes
É que na próxima vez venha a morte.

E teus vizinhos que ouvem,
Que sabem e ficam calados...
Fingem que nada se passa,
Todos eles são CULPADOS!

Foge daí, Mulher! Liberta-te!
Larga esse maldito terror.
Tens direito a Viver!
A ser Feliz! Ao verdadeiro Amor!
Vera Silva
Enviado por Vera Silva em 23/11/2006
Código do texto: T299547
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Vera Silva
Portugal, 42 anos
36 textos (2412 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 13:05)
Vera Silva