Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

E por falar do imenso mar, alguém se esqueceu de algo?

E por falar do imenso mar, alguém se esqueceu de algo?

Um lápis a deslizar
Desenhando o imenso mar
Outro lápis a descrever
A pobreza, a morte, o não ter
Os sonhos que tentam voar
E as misérias que fazem morrer
Os soluços por se apaixonar
E as lágrimas de alguém a sofrer
A sofrer...mas a sofrer de fome
Pobre criança que sequer tem nome
E o homem bem enrustido
E o menino ouve um ruído
E o homem vê um ninguém
Mas o menino vê um alguém
“quem sabe peça algo”
“quem sabe seja um perigo!”
mas quem sabe seja um alguém
“um alguém que lhe fure o umbigo!”
“rápido, fuja”, diz a humanidade
Mas o menino simplesmente diz:
“Me dá uma oportunidade”
Chesman Emerim
Enviado por Chesman Emerim em 24/11/2006
Código do texto: T300002
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Chesman Emerim
Sombrio - Santa Catarina - Brasil, 30 anos
64 textos (10748 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 06:15)
Chesman Emerim